Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 08 de Março de 2018 às 10h57

O que é blend de café?

Brasitália Máquinas e Café Entre tantos termos do mundo do café, com certeza você já deve ter ouvido falar de blend. Mas o que é um blend de café? Podemos dizer que é a arte de misturar grãos de...
Entre tantos termos do mundo do café, com certeza você já deve ter ouvido falar de blend. Mas o que é um blend de café? Podemos dizer que é a arte de misturar grãos de café com diferentes características, seja tradicional, superior ou gourmet, para obter sabores e aromas diferenciados.
 
A palavra blend vem do inglês e significa “mistura”. Tem uma conotação mais suave do que mix, indicando que se respeita as características de cada ingrediente da mistura, criando um sabor mais complexo.

Durante a criação de um blend não são necessariamente usadas partes iguais de todos os cafés presentes. Também não há limite para a variedade: podem ser apenas duas ou dezenas de tipos diferentes. Também é possível fazer blends para diferentes métodos de extração como prensa francesa (french press), para máquinas de espresso, para filtros e para máquinas de cápsulas.

Os tipos de blends de café

Num blend de café, pode-se misturar variedades de café arábica -  Bourbon Amarelo, Mundo Novo, Acaiá, Catuaí Vermelho e Catuaí Amarelo, Icatu, Obatã e Apoatã - ou mesmo juntar café arábica com robusta, que é um dos blends bastante conhecidos. Essa mistura é realizada porque o grão arábica confere delicadeza ao café; já o grão robusta, por sua vez, agrega corpo à bebida, motivo pelo qual esses grãos se complementam tão bem. Um exemplo é o Italian Blend, compostos de pelo menos 15% de robusta.

A mistura pode ser feita antes da torra para dar um resultado mais uniforme e mesma coloração, além de uma combinação mais complexa de sabores. Já a junção após a torra produz uma mistura de grãos de cores diferentes pode ser é a melhor forma de potencializar os sabores individuais de cada grão.

A adição de outros elementos, como nozes, amêndoas, castanhas, cacau ou baunilha, não é considerada de fato blending, embora, algumas vezes, alguns cafés saborizados dessa forma sejam comercializados como blends.

E vale lembrar que um blend não é melhor nem pior que um café de origem única, ou single origin. São apenas formas diferentes de beneficiar o café e a valorização do sabor depende do gosto de quem irá apreciar a bebida. Isso, claro, quando falamos de cafés de qualidade. O blend realizado nos cafés commodities ou nos cafés tradicionais de supermercado seguem outra lógica e outros objetivos, já que não atendem os requisitos de maior qualidade de grãos e torra.

Continue acompanhando o blog da Brasitália e fique por dentro de todos os detalhes sobre o mundo do café. Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário ou entre em contato com a equipe Brasitália!

Quer receber novidades sobre café? Cadastre-se!

Veja também

Máquina de café: qual a melhor para meu negócio?16/11/17 Ter uma boa máquina de café não é privilégio apenas de cafeterias, confeitarias e padarias. Empresas, escritórios e outros estabelecimentos com atendimento ao público ou que fiquem em áreas de grande circulação de pessoas podem investir em um equipamento como este.   Oferecer um café de qualidade aos seus clientes e parceiros,......
Máquina de café profissional: você está usando da forma correta?30/05/17 Além de entender o funcionamento e todos o passos para extrair o espresso perfeito, é preciso estar atento ao manuseio e a limpeza diária da máquina de café profissional. Equipamento indispensável em cafeterias,......

Voltar para Blog (pt)