Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 12 de Abril de 2018 às 11h58

Degustação de café: saiba diferenciar sabor, aroma e corpo

Brasitália Máquinas e Café Degustar um café é apreciá-lo com atenção, observando seu visual, aromas, sabores e todas as suas características. Vamos mostrar quais características podem ser...
Degustar um café é apreciá-lo com atenção, observando seu visual, aromas, sabores e todas as suas características. Vamos mostrar quais características podem ser reconhecidas na degustação do café e o passo a passo para degustar a bebida e entender tudo o que ela entrega em sensações.
 
Vale lembrar que um bom cultivo nas fazendas, o tipo do grão, a torra, a moagem, o processamento e o modo de preparo (incluindo a pessoa que conduz o processo, e bons equipamentos e utensílios) são pontos que influenciam de modo substancial no aroma e no sabor do café. O verdadeiro café gourmet é preparado com cuidado da semente à xícara.
Características para serem reconhecidas na degustação do café
Sabor, aroma e corpo são as três características básicas e fundamentais para a classificação e apreciação da bebida. Eles vão aguçar os seus sentidos e mostrar tudo o que a bebida pode entregar.
Sabor
É a combinação de todas as características que definem o sabor de um café, com as sensações de gosto doce, salgado, amargo e ácido com aromas de chocolate, caramelo, cereal torrado. Quando apresenta sabores estranhos, como de terra ou queimado, é considerado indesejável.
Acidez: É tipicamente uma característica valorizada em cafés, tem sido correlacionada com cafés cultivados em altitudes elevadas e em solos vulcânicos ricos em minerais. Percebida nas laterais da língua, dá brilho ao café e estimula a salivação ao primeiro contato da bebida com a língua. Pode ser forte ou fraca;
Amargor: Percebido no fundo da língua, onde as papilas gustativas são mais salientes. Pode ser resultado de cafés de baixa qualidade, torra muito escura ou preparo inadequado;
Doçura: Percebida na ponta da língua, é uma característica encontrada nos cafés de qualidade, permite ser bebido sem adição de açúcar;
Sabor residual (aftertaste): É a sensação percebida após a ingestão da bebida. É o sabor que fica na boca. Se deixar um sabor que lembra chocolate, é um café de qualidade. Mas  se lembra cigarro, queimado, borracha ou qualquer sabor estranho, não é um café de qualidade. Também chamado de finish;
Adstringência: É a sensação de secura na boca deixada pelo café após a ingestão.

Umami: Popularmente conhecido como gosto saboroso ou delicioso, é um dos cinco gostos básicos junto com doce, azedo, amargo e salgado. Podemos dizer que é a aquele oferecido  por um bom café, que deixa um sabor agradável, com gostinho de quero mais.

Aroma
 
São elementos da bebida do café perceptíveis ao olfato, como a sensação das fragrâncias do café recém preparado. O café pode ter aroma frutado, de nozes, amêndoas, malte, cereal, caramelo.
 
Bouquet: É o aroma do café recém moído
Corpo

É a sensação de persistência no paladar após a bebida do café; é a viscosidade e a oleosidade que ficam na boca - cremosidade e textura na língua, traduzindo em algo que preenche a língua como um todo - proveniente da quantidade de óleos e sólidos suspensos e dissolvidos extraídos do café. O café pode variar em ordem crescente: sem corpo, leve, bom corpo ou encorpado.

Passo a passo para degustar

A degustação em si deve ser feita em três etapas. Não adoce ou adicione leite e para perceber melhor as diferenças entre os grãos de origens diversas, comece experimentando cafés puros, sem a mistura de grãos de diferentes origens (blends):

Sinta os aromas: coloque a xícara próxima ao nariz e tente identificar os aromas que sente. O café pode liberar aromas florais, cítricos, de ervas, frutas, chocolates etc. Feche os olhos e tente associar com as coisas que você conhece ou lembra;

Saboreie e sinta os sabores: o primeiro gole deve ser feito misturando o café com o ar. Puxe a bebida com bastante ar (lembre-se da sopa). Ao misturar o café com o oxigênio, você revela sabores. Não engula ainda: faça o café “passear”ao redor da língua,mudando constantemente a posição, para sentir os diferentes sabores antes de engolir.  Você verá que alguns cafés parecem mais ácidos, mais amargos ou mais doces que outros.Pesquisas científicas identificaram 108 sabores diferentes no café;

Engula a bebida: neste momento, sinta o sabor quando ela passar pela parte posterior da sua língua. Alguns cafés não revelam o seu amargor até serem engolidos. Preste atenção se o amargor será breve, agradável ou persistente. Há cafés cujo sabor continua na boca mesmo depois de a bebida ter sido engolida.


Para saber mais sobre o mundo do café, continue acompanhando o blog da Brasitália. Se tiver alguma dúvida sobre grãos, máquinas ou outros insumos e equipamentos, deixe um comentário ou entre em contato com a nossa equipe de especialistas.

  • Brasitália Máquinas e Café -

Veja também

[COM VIDEO] Como utilizar a máquina de café doméstica17/01/18 Já falamos aqui no blog sobre os benefícios de ter uma máquina de café doméstica. Poder degustar, em casa ou na empresa, um café espresso fresquinho, com todos os sabores do grão moído na hora, é um deles.   Inclusive, em um artigo específico, listamos as 7 vantagens de adquirir o equipamento. Agora, neste post, trouxemos um......
Livros sobre café: uma lista especial para saber cada vez mais13/06/17 Amplie seu conhecimento com estes livros sobre café. História, culturas, métodos de preparo, receitas e muitas curiosidades sobre a bebida. Saber sobre café vai muito além de degustar uma boa xícara da bebida. De......

Voltar para Blog (pt)