Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 13 de Agosto de 2018 às 11h06

Café requentado faz mal?

Aprendendo sobre Café (54)
Brasitália Máquinas e Café Apesar de ser um prática bem comum de algumas pessoas, requentar o café não é nada recomendado. Seja qual for o método de preparo - coado, espresso, prensado ou filtrado - o...
Apesar de ser um prática bem comum de algumas pessoas, requentar o café não é nada recomendado. Seja qual for o método de preparo - coado, espresso, prensado ou filtrado - o café requentado pode trazer uma série de malefícios à saúde, como azia, dor de cabeça, enjoo e dor de estômago. Isso sem contar aquele sabor amargo que fica na boca o resto do dia.

Segundo os especialistas italianos, requentar café no microondas ou deixá-lo na ‘chapa’ da cafeteira destrói qualquer aroma desde que se preparou o café pela primeira vez. E como o aroma do café é responsável por tudo que lhe dá sabor, romper os aromas significa romper o sabor. Isso porque, quando esquentamos novamente o café já feito, ocorre a degradação das substâncias (óleos, cafeína etc.) que dão sabor e aroma à bebida, deixando então aquele gosto ruim de queimado.

Também é comum que o café seja colocado em garrafas térmicas. Mas, se por um lado a garrafa mantém o líquido aquecido por um bom tempo, por outro também é preciso lembrar o processo acelerado de oxidação do café - sobretudo se o café já estiver adoçado. Portanto, guardar pra mais tarde o que sobrou do café quentinho que você bebeu de manhã ou então tomar café requentado não vale a pena!

Esse conselho tem como fundamento o fato de que os processos de oxidação do café duplicam de velocidade a cada 10°C acima da temperatura ambiente, que gira em torno de 25°C. Dessa forma, dentro da garrafa, a cerca de 50°C, a oxidação do café vai acontecer cerca de duas vezes mais rápido.

Além disso, uma vez preparado, o café começa seu processo de oxidação após 20 minutos. Guardado na garrafa térmica, estima-se que o café estará oxidado em cerca de uma hora. O processo de oxidação, sobretudo na presença de açúcar, destrói os compostos responsáveis pelo sabor típico do café fresquinho, além do seu aroma característico. A consequência é que queda da qualidade da bebida sob influência dessa reação química com perda de aroma e alteração no sabor. Assim, você até pode usar a garrafa térmica, mas que seja por poucos minutos após o preparo.

Agora tomar café requentado, nem pensar. Até porque, café bom é café preparado na hora. Para aproveitar todos os benefícios que o café traz a saúde, é preciso:

Como diz um ditado popular: “Café cru tem anos de vida. Café torrado, em grãos, algumas semanas. Café moído, no máximo horas. Depois de passado, o café é pra ser servido no mesmo instante”. Quer continuar aprendendo tudo sobre o mundo do café, suas técnicas e curiosidades? Então siga acompanhando o blog da Brasitália e nossas redes sociais - Facebook e Instagram. Se tiver dúvidas ou sugestões, deixe um comentário ou entre em contato com a gente.

Veja também

O sensorial como medidor de qualidade11/07/16    A Brasitália Máquinas e Café esteve presente no curso Sentir DR – Análise Sensorial na empresa Duas Rodas, nos dias 07 e 08 de julho na cidade de Jaraguá do Sul/SC, muito bem representada pelo nosso Tecnólogo de Alimentos Moisés Casaril. Para o departamento técnico da Brasitália, a análise sensorial serve como suporte para o......
O que é terroir de café?19/11/18 Qualidade e sabor do grão à xícara. Já falamos muito sobre este conceito aqui no blog da Brasitália. Isso porque, todo o processo, desde a forma como o café é cultivado até o momento em que ele é......
Expresso ou espresso? Veja a grafia correta16/10/18 De tempos para cá, quando se refere ao café alguns têm adotado a palavra espresso no lugar de expresso. Erro de ortografia? Não. A palavra espresso, usada na Europa, vem do italiano e sua raiz guarda relação com o......

Voltar para Blog (pt)