Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 13 de Agosto de 2018 às 11h06

Café requentado faz mal?

Aprendendo sobre Café (43)
Brasitália Máquinas e Café Apesar de ser um prática bem comum de algumas pessoas, requentar o café não é nada recomendado. Seja qual for o método de preparo - coado, espresso, prensado ou filtrado - o...
Apesar de ser um prática bem comum de algumas pessoas, requentar o café não é nada recomendado. Seja qual for o método de preparo - coado, espresso, prensado ou filtrado - o café requentado pode trazer uma série de malefícios à saúde, como azia, dor de cabeça, enjoo e dor de estômago. Isso sem contar aquele sabor amargo que fica na boca o resto do dia.

Segundo os especialistas italianos, requentar café no microondas ou deixá-lo na ‘chapa’ da cafeteira destrói qualquer aroma desde que se preparou o café pela primeira vez. E como o aroma do café é responsável por tudo que lhe dá sabor, romper os aromas significa romper o sabor. Isso porque, quando esquentamos novamente o café já feito, ocorre a degradação das substâncias (óleos, cafeína etc.) que dão sabor e aroma à bebida, deixando então aquele gosto ruim de queimado.

Também é comum que o café seja colocado em garrafas térmicas. Mas, se por um lado a garrafa mantém o líquido aquecido por um bom tempo, por outro também é preciso lembrar o processo acelerado de oxidação do café - sobretudo se o café já estiver adoçado. Portanto, guardar pra mais tarde o que sobrou do café quentinho que você bebeu de manhã ou então tomar café requentado não vale a pena!

Esse conselho tem como fundamento o fato de que os processos de oxidação do café duplicam de velocidade a cada 10°C acima da temperatura ambiente, que gira em torno de 25°C. Dessa forma, dentro da garrafa, a cerca de 50°C, a oxidação do café vai acontecer cerca de duas vezes mais rápido.

Além disso, uma vez preparado, o café começa seu processo de oxidação após 20 minutos. Guardado na garrafa térmica, estima-se que o café estará oxidado em cerca de uma hora. O processo de oxidação, sobretudo na presença de açúcar, destrói os compostos responsáveis pelo sabor típico do café fresquinho, além do seu aroma característico. A consequência é que queda da qualidade da bebida sob influência dessa reação química com perda de aroma e alteração no sabor. Assim, você até pode usar a garrafa térmica, mas que seja por poucos minutos após o preparo.

Agora tomar café requentado, nem pensar. Até porque, café bom é café preparado na hora. Para aproveitar todos os benefícios que o café traz a saúde, é preciso:

Como diz um ditado popular: “Café cru tem anos de vida. Café torrado, em grãos, algumas semanas. Café moído, no máximo horas. Depois de passado, o café é pra ser servido no mesmo instante”. Quer continuar aprendendo tudo sobre o mundo do café, suas técnicas e curiosidades? Então siga acompanhando o blog da Brasitália e nossas redes sociais - Facebook e Instagram. Se tiver dúvidas ou sugestões, deixe um comentário ou entre em contato com a gente.

Veja também

Cliente Destaque: conheça a família que está unindo café e cultura no Oeste Catarinense – Café do Mestre23/02/18 Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a Café do Mestre, um novo negócio que está fazendo sucesso na região oeste de Santa Catarina. Tivemos o prazer de sermos recebidos pelo Felipe Rossetto, um dos empreendedores responsáveis pela franquia. Felipe conta que tudo começou no ano de 2015, quando ele, de fato, teve seu primeiro contato com o mundo do café......

Voltar para Blog (pt)