Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750
Postado em 01 de Março às 08h36

Aeropress, Frech Press, Pressca, Moka: a diferença entre as cafeteiras

Aprendendo sobre Café (61)
Brasitália Máquinas e Café O mercado do café não pára. Se até pouco tempo estávamos acostumados a preparar a bebida coada ou, quando muito, tomávamos um espresso, hoje as possibilidades são...
O mercado do café não pára. Se até pouco tempo estávamos acostumados a preparar a bebida coada ou, quando muito, tomávamos um espresso, hoje as possibilidades são variadas. Além de diferentes sabores e aromas vindos de grãos diferenciados e torras, os métodos de preparo também ganharam variedade: Aeropress, Frech Press, Pressca e Moka são algumas das cafeteiras preferidas dos coffee lovers.
 
Com certeza, em algum momento das suas pesquisas sobre café, você já deve ter ouvido falar sobre elas. Mas, apesar do destaque destes utensílios, muitos ainda não conseguem diferenciar sua forma de funcionamento e o tipo de café que oferecem. Por isso, resolvemos falar mais sobre cada uma dessas cafeteiras, apresentando suas diferenças e como preparar o café nelas. Após ler este conteúdo, você estará pronto para escolher a que melhor combina com seu paladar. Ou então (e por que não!), aproveitar para experimentar todas elas.
 
Vamos lá!

Aeropress

De todos os métodos este é o mais recente - foi criado em 2005 por um inventor de brinquedos, o engenheiro Alan Adler. Também é chamada de prensa americana uma analogia à prensa francesa, a French Press, que funciona de maneira similar. Sobre esta falaremos a seguir.

Uma das características marcantes da Aeropress, é que você vai ter um café coado com características de um espresso, como extração de açúcares e óleos essenciais, o que não ocorre com a bebida em filtro comum. No entanto, mantém a textura mais leve de um café coado tradicional.

Outro ponto da Aeropress é poder variar os tipos de moagem. Se gosta de um café mais intenso, pode usar uma moagem fina e deixar em infusão por um minuto e meio antes de pressionar o êmbolo. Caso contrário, utilize uma moagem mais grossa e diminua o tempo antes de extrair a bebida.

- Como funciona

A Aeropress é composta por dois dispositivos de plástico e um êmbolo de borracha central, além de uma peça que acomoda um filtro de papel especial, que é circular e plano. Esta cafeteira utiliza o que chamamos de método invertido, pois é posicionada de ponta cabeça e, no final, deve-se inverte-la para fazer a pressão no pistão. Já o filtro de papel é colocado na tampa que se destaca para o café ser inserido no topo do cilindro - a quantidade de pó vai da intensidade do seu gosto.

Após esperar o tempo da extração (também ao seu gosto) é só colocar o filtro e virar em cima de um recipiente para empurrar o pistão para baixo e aproveitar seu café. Essa é então a principal diferença entre Aeropress e o espresso:na máquina, a pressão é da água, enquanto que na Aeropress, a pressão é do ar que fica retido.

French Press
 
O método utilizado pela French Press é similar ao da Aeropress. Mas têm uma grande diferença, já que a pressão é feita na mistura de café e água e não no ar retido. Assim temos o método por imersão. Além disso, não é usado filtro de papel e sim um metálico que já vem acoplado a cafeteira.
 
Apesar de ter sido registrada em 1929, a French Press já existe desde os anos 1850. A cafeteira com pistão foi inventada na França e tem diferentes nomes no mundo, como melior, cafetière à piston ou plunger coffee.

O café preparado nela tem gosto mais refinado, retendo a maior parte dos óleos essenciais. A imersão também contribui para que ele seja mais encorpado (não tanto como um espresso) e tenha mais cafeína que outros métodos, pois a água possui mais tempo para absorver o máximo do pó.

- Como funciona

De todas as preparações, esta é a mais simples. Na French Press, o pistão é pressionado sobre a água quente e o café em pó. Portanto, a água não passa pelo pó de café, mas se mistura a ele pelo tempo desejado por você (de forma geral, cerca de quatro minutos).

Depois disso, você controla a velocidade pela qual a bebida irá passar pelo filtro, o que também influencia no resultado final. Para uma sabor mais encorpado, a pressão sobre o pistão deve ser lenta, suave e constante.

Outro segredo é o ponto certo de moagem: o ideal é uma moagem média, consistente e uniforme. Se o filtro entope e o café sai turvo, provavelmente o pó foi moído fino demais. Já a quantidade de pó é de cerca de uma colher de café (de 7 a 8 gramas) para cada 200 ml de água.

Pressca

Para nosso orgulho, a Pressca é uma cafeteria 100% nacional. Ela foi criada pelo catarinense Gérson Prates Amaro, em 2016.  A cafeteira Pressca combina dois sistemas de preparo: infusão e filtragem. Dessa forma, observando bem seu funcionamento, você verá nela a junção dos princípios da Aeropress quanto da French Press.

Como não utiliza filtro de papel, permite a passagem dos óleos essenciais durante o processo de preparação, extraindo todas as suas propriedades e deixando seu café muito mais gostoso, rico em texturas e nuances. Os sabores são múltiplos, pois servem para todos os tipos de café e moagens.

- Como funciona

Para utilizar a cafeteira Pressca, basta adicionar pó de café e água quente na quantidade desejada e aguardar poucos minutos - dois a quatro de infusão. Depois, é só pressionar o êmbolo para finalizar.

Moka

A cafeteira italiana ou cafeteira Moka utiliza a pressão para elaborar o café por meio de vapor de água. Assim, é a que mais se assemelha ao método espresso. Foi patenteada pelo inventor Luigi De Ponti em nome de Alfonso Bialetti em 1933, cuja empresa, Bialetti continua produzindo o mesmo modelo, denominado "Moka Express".

A Moka existe em diferentes tamanhos, que podem preparar entre uma e 18 xícaras de 50 ml. Este tipo de cafeteira geralmente é fabricada em alumínio para uso direto na ‘boca’ do fogão. O sabor do café preparado na Moka depende bastante moagem e do nível de calor utilizado - o segredo é utilizar uma moagem média e tirar a cafeteira do fogo para parar a extração.

Pela pressão gerada entre a mistura de água e vapor, extrai-se uma maior quantidade de óleos, fazendo com que o café fique mais encorpado - similar ao espresso - mas com mais cafeína.

- Como funciona

A água é adicionada a parte de baixo da Moka e o pó de café fica em cima - 30 g de pó servem em média seis xícaras. Há alguns modelos de cafeteira que fazem a quantidade exata para uma pessoa. A cafeteira é colocada no fogo e a pressão do vapor a 2 atmosferas criada pelo calor faz com que a água passe pelo filtro de café moído. Logo, a bebida pronta aparece quase que como uma mágica na parte de cima e está pronta para ser consumida.

A dica é: quando o café subir e começar a borbulhar, retire do fogo. Assim extraem-se só as partes mais nobres.

Pronto! Agora que você já conhece as diferenças entre a Aeropress, Frech Press, Pressca, e Moka, pode aproveitar cada um destes métodos sem medo! Se tiver alguma dúvida, entre em contato com a equipe de especialistas em café da Brasitália, aqui pelo blog ou pelas nossas redes sociais - Instagram no Facebook.

Cafeteiras

  • Brasitália Máquinas e Café -
  • Brasitália Máquinas e Café -
  • Brasitália Máquinas e Café -
  • Brasitália Máquinas e Café -
  • Brasitália Máquinas e Café -

Veja também

Sua padaria pode estar perdendo dinheiro. Descubra como precificar o café espresso!04/11/16 Se você possui uma padaria, cafeteria, ou vende café espresso no seu estabelecimento, certamente você já se deparou com a dúvida na hora de definir o preço do café. Definir o preço do espresso não é tão complicado como se imagina. Para precificar o café espresso na sua Padaria, você deverá analisar algumas......
O que é um microlote de café?24/01 O café em sua versão ultrassofisticada. Assim podemos resumir o conceito de microlote de café. De forma geral, um micro - ou até nano lote - oferece pequenas coleções de grãos, originados de uma......

Voltar para Blog (pt)