Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 06 de Setembro às 17h23

10 curiosidades sobre a cafeína que você precisa saber

Aprendendo sobre Café (40)
Brasitália Máquinas e Café De vilão, o café passou a ser conhecido por apresentar várias características benéficas para o ser humano. Hoje, pesquisadores garantem que a bebida estimula o foco e a...
De vilão, o café passou a ser conhecido por apresentar várias características benéficas para o ser humano. Hoje, pesquisadores garantem que a bebida estimula o foco e a atenção e até ajuda a combater a depressão e problemas vasculares. E muitos desses benefícios são por conta da cafeína, substância muito presente no café.
 
Como são pouquíssimas as pessoas que não apreciam um bom cafezinho - é a segunda bebida mais consumida do mundo, só perdendo para a água - vamos falar um pouco mais a respeito da sua inseparável companheira. Saiba tudo o que queria saber e o que nem imaginava sobre os efeitos e outras curiosidades da cafeína.

Popularmente é cafeína, mas quimicamente 1,3,7-trimetilxantina

Este é o nome e sobrenome da cafeína, um alcalóide da família das xantinas, cuja a fórmula de composto químico é C8 H10N402.

Como muitos já sabem, a substância tem um efeito direto sobre o sistema nervoso central, fazendo com que fiquemos mais alerta. Em doses moderadas, melhora a memória e a concentração, além de ajudar na saúde mental como um todo. Por outro lado, quantidades excessivas de cafeína podem aumentar a frequência cardíaca, causar insônia, ansiedade e outros efeitos colaterais.

Mas vamos falar mais sobre características e curiosidades:

1 - É a substância mais consumida no mundo

Seja no café, chá, refrigerantes ou remédios, cerca de 90% da população mundial ingere cafeína de alguma maneira.

2 - Está presente em mais plantas além do pé de café

Sim, em cerca de 60 plantas diferentes, entre elas a erva-mate, folha de coca, guaraná e o cacau. Assim, todos os derivados delas também contém cafeína.

3 - Seu efeito pode durar até 12 horas

É claro que depende de cada organismo, mas de forma geral, a cafeína começa a fazer efeito entre 15 a 20 minutos depois de ser ingerida - alcança seu pico no sangue entre 30 e 60 minutos após a ingestão - e pode durar até 8 horas depois.  Na verdade, o corpo pode demorar até 12 horas para que eliminar completamente a cafeína da xícara do café da manhã, segundo pesquisadores da Duke University School of Medicine.

4 - A dose ideal é de 400 miligramas diárias

A Food and Drug Administration (FDA) considera que 400 miligramas diárias é uma quantidade segura da substância para adultos saudáveis. Por outro lado, grávidas devem limitar sua ingestão a 200 miligramas por dia. Já a quantidade letal é de 10 a 20 gramas (uma colher de chá) de cafeína pura é considerada uma dose letal. Mas para ingerir tudo isso você teria que consumir cerca de 30 xícaras de café passado num único dia.

5 - Café descafeinado possui cafeína

Leva cerca de 3 mg/por 240 ml, mas para ser descafeinado precisa estar abaixo das 2,5mg. Portanto, bebendo de sete a dez xícaras de café descafeinado, você estará ingerindo a mesma quantidade de cafeína de uma ou duas xícaras de café com cafeína.

6 - Cafés escuros não menos cafeína que os claros
 
Em geral os cafés de torra escura são mais fortes e encorpados, mas isso não quer dizer que eles sejam mais ricos em cafeína. Isso ocorre devido ao processo de torra, que queima parte da substância, fazendo com que os escuros a tenham menor quantidade.

7 - É um poderoso termogênico e ajuda na queima de gordura

Pesquisas já confirmaram que a cafeína do café pode acelerar o metabolismo em até 11%, auxiliando na queima de gorduras. Além disso, contribui para um melhor o rendimento físico: o consumo da cafeína estimula a produção da adrenalina e libera ácidos graxos dos tecidos lipídicos, oferecendo mais energia e melhor rendimento para aqueles que a consomem antes de fazer exercícios e esportes.

8 - Nem todos os cafés possuem a mesma quantidade de cafeína

A quantidade de cafeína varia consideravelmente de acordo com o método de preparo da bebida. Um café passado, por exemplo, apresenta entre 95 a 200mg de cafeína e o espresso entre 45 e 100 mg. Veja mais sobre as diferenças entre o café coado e o espresso nesse artigo.

9 - Abstinência de cafeína é real

A cafeína atua na parte do cérebro que estimulantes como a cocaína e as anfetaminas, mas claro que de forma muito mais leve. Ela aumenta os níveis de dopamina, que traz um sentimento de satisfação e felicidade, além de bloquear os receptores de adenosina, que nos impede de ficar sonolentos.

Assim, algumas pessoas que pararam abruptamente ou fizeram reduções drásticas na sua dose diária de cafeína podem ter dor de cabeça latejante, fadiga, irritabilidade e dificuldade de concentração. Os sintomas podem iniciar de 12 a 24 horas após a interrupção ou redução. Cortar o consumo gradualmente ao longo de uma semana pode ajudar a evitá-los.

10 - Abelhas também amam café

O néctar de algumas flores possui níveis pequenos de cafeína, que é usada para atrair abelhas e também pode melhorar a memória do inseto, segundo estudo publicado no periódico Science. Assim, elas sempre retornam para continuar a polinização.

Sabendo de tudo isso, vamos tomar um cafezinho? Estamos te esperando no Empório Brasitália! Para aprender mais sobre o mundo do café, siga acompanhando o blog da Brasitália e nossas redes sociais - Facebook e Instagram.

Veja também

Máquina de café: qual a melhor para meu negócio?16/11/17 Ter uma boa máquina de café não é privilégio apenas de cafeterias, confeitarias e padarias. Empresas, escritórios e outros estabelecimentos com atendimento ao público ou que fiquem em áreas de grande circulação de pessoas podem investir em um equipamento como este.   Oferecer um café de qualidade aos seus clientes e parceiros,......
O que é terroir de café?19/11 Qualidade e sabor do grão à xícara. Já falamos muito sobre este conceito aqui no blog da Brasitália. Isso porque, todo o processo, desde a forma como o café é cultivado até o momento em que ele é......
Dicas para atendimento ao cliente: atenção aos bons produtos23/05 Para realizar um bom atendimento ao cliente alguns fatores cruciais não devem ser negligenciados, especialmente se você atua no ramo de serviços. Excelência na escolha dos produtos, qualidade no atendimento e atenção a......

Voltar para Blog (pt)