Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 08 de Fevereiro às 13h32

Mercado do café: o consumo só aumenta

Brasitália Máquinas e Café Que o Brasil é o maior produtor de café do mundo, todos já sabemos. Mas que ele chegou ao segundo lugar como maior consumidor, é a grande novidade. Em 2017, foram 21,5 milhões de...
Que o Brasil é o maior produtor de café do mundo, todos já sabemos. Mas que ele chegou ao segundo lugar como maior consumidor, é a grande novidade. Em 2017, foram 21,5 milhões de sacas. O mercado do café no país segue a todo vapor e pelas previsões da Embrapa Café, em 2021, o Brasil chegará a liderança também no consumo interno, batendo as 25 milhões de sacas anuais - a projeção de crescimento é de 3% por ano.
 
O relatório Tendências do Mercado de Café, da Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC), o crescimento demonstra que os apreciadores da bebida continuam consumindo o produto em suas diferentes formas, mas que os cafés premium (superior, especiais, gourmet) são os que devem alavancar o mercado do café no país - a categoria terá crescimento na casa dos dois dígitos.

Mercado de cafés premium

Quem está descobrindo os cafés superiores são os jovens na faixa dos 20 anos, que começaram a se interessar pelos novos sabores da bebida e puxam a alta do consumo interno. Atualmente são consumidas no Brasil 1,5 milhões de sacas de café premium, cerca de 7% da produção nacional, porém, nos próximos anos, a tendência é para chegar aos 10%, de acordo com a ABIC.

Um outro estudo, encomendado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), revelou que o segmento de cafés premium movimentou R$ 1,7 bilhão no varejo (inclui o food service), crescendo 21% em 2017. Segundo a BSCA, há um interesse cada vez maior por cafés especiais no país, com consumidores buscando cafés de origem, discutindo os atributos da bebida.

O comportamento do consumidor de cafés especiais

Ao falar do mercado do café e a alta na procura por cafés especiais, não podemos deixar de lado quem movimenta todo este círculo: o consumidor. Ao entender o que ele busca e como se comporta, produtores e todos os que estão no negócio do café podem atendê-lo e assim orientar melhor suas estratégias de produção e venda.

Uma pesquisa, coordenada por pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) em parceria com estudiosos do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), aponta que o mercado consumidor de cafés especiais no Brasil é composto por pessoas interessadas por novos métodos de preparo, origens e sustentabilidade, e cada vez mais dispostas a buscar aprendizado e a ensinar outros consumidores sobre o universo do café. Já em relação ao formato do café adquirido, destacam-se o torrado em grãos, seguido do torrado e moído, das cápsulas e, por fim, dos grãos verdes.

Os principais locais de consumo, segundo a pesquisa, são em casa e nas cafeterias especializadas, especialmente pela qualidade dos produtos e pela disponibilidade de métodos de preparo da bebida. A curiosidade por Chemex, Hario v60, French Press, entre outros, e o envolvimento do consumidor com o preparo da bebida são tão grandes que aproximadamente 75% dos entrevistados para o estudo declararam ter adquirido algum deles para consumo doméstico.  

Reforce os diferenciais da sua marca

Para conquistar este público, é preciso saber comunicar e reforçar os diferenciais da sua marca, seja ela de grãos ou como uma cafeteria especializada, que oferece produtos de qualidade.

Isso porque, entre as principais motivações para consumo dos cafés especiais estão o sabor e aroma da bebida, o prazer em seu consumo, o conhecimento sobre história e origem dos grãos e o apoio a iniciativas ambiental e socialmente responsáveis. A importância da comunicação dessas características ao consumidor final é evidenciada pela disposição de mais de 70% dos respondentes em aumentar seus gastos com cafés especiais, desde que mais informações relacionadas ao produto fossem disponibilizadas.

Segundo os entrevistados, atualmente, as principais formas de acesso aos dados são a embalagem do produto, via online ou diretamente com um barista ou outro profissional da área. Para os profissionais, a dica é comunicar informações precisas e detalhadas, sempre com fotos e boas histórias.

Como vimos, o mercado do café segue em alta e continua sendo um ótimo negócio. Para saber mais, leia também este artigo onde listamos 12 razões que provam que o café é mesmo um excelente investimento.

 Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe um comentário ou entre em contato com a Brasitália, aqui pelo site ou pela nossas redes sociais (Facebook e Instagram).
 

Quer receber novidades sobre café? Cadastre-se!

Veja também

Vending Machine de Café: 3 dicas essenciais para bom desempenho24/10/17 A vending machine de café, ou a máquina de autosserviço, onde você pode pagar seu café apenas apertando um botão, é prática e de grande aceitação do público. Mas, para o bom funcionamento do equipamento, é preciso tomar alguns cuidados com a manutenção: limpeza e abastecimento são fundamentais!   No......
Mais sobre o café, por favor!20/10/16Características do Café Para o degustador e o preparador de café é essencial conhecer, saber e sentir as características principais da bebida, como a doçura, acidez, amargor, corpo e aroma. Mas, o que tudo isso singifica? Venha saber mais sobre essa......
O que é e como funciona a vending machine07/09/17 Com certeza, você já deve ter visto em alguma recepção de clínica médica, aeroporto ou empresa, aquelas máquinas onde, ao apertar um botão, você recebe um café quentinho. São as......

Voltar para (Blog (pt) NOVO)