Entre em contato conosco VIA WHATSAPP
49 98437 7750

Blog de | Notícias

Postado em 01 de Março de 2017 às 12h03

Um espresso perfeito: 5 dicas de mestre para preparar um café delicioso

Brasitália Máquinas e Café Um gole, inúmeras sensações. Este é o sentimento de quem está apreciando um bom espresso. Em poucos mililitros, o espresso traduz o que se pode obter de melhor do café: a...

Um gole, inúmeras sensações. Este é o sentimento de quem está apreciando um bom espresso. Em poucos mililitros, o espresso traduz o que se pode obter de melhor do café: a diversidade de aromas, um sabor concentrado e uma textura cremosa, aveludada, que nos seduz desde o primeiro gole. Quem nunca se sentiu ‘abraçado’ ou ‘viajou’ em boas lembranças ao saborear um café espresso? Por isso, hoje, vamos falar sobre alguns dos segredos dessa bebida única e tão tradicional e dar algumas dicas sobre quais os cuidados necessários para preparar um espresso perfeito.

Para começar, é preciso saber que o café espresso é preparado de um modo único, em uma máquina especial, através da passagem de água quente (não fervente) sob alta pressão pelo café moído. É esta pressão que dá nome a bebida, pois aqui ela tem o sentido de exprimir ou espremer. Por isso, ao contrário do que muitos pensam, o espresso tradicional não tem originalmente o significado de rápido e sim, de uma bebida ‘espremida’ sob alta pressão pela água quente, e que deve ser saboreada logo após seu preparo.

Segundo a Associação Americana de Cafés (SCAA - Specialty Coffee Association of America), o espresso tem cerca de 25 a 30ml - no Brasil habituou-se a dosagem de 50ml - e deve ser preparado com 7 a 9g de café moído, somado a água pura e filtrada, que na temperatura entre 92 a 95oC e sob pressão, vai extrair o café em 20 ou no máximo 30 segundos. Enquanto estiver sendo extraído, o fluxo do espresso deve parecer ter a viscosidade de mel quente, com aroma e sabor intensos. Ao final, deve ter um creme denso, com cor caramelo-escuro, em toda a superfície. Mesmo que a pessoa não adicione açúcar ou adoçante, o café deve ser mexido para que seus aromas possam ser sentidos.

Conhecidas as características de um bom espresso, agora vamos explicar tudo o que é preciso para que se chegue ao espresso perfeito. São cinco quesitos principais, os famosos 5 M’s. Vamos a eles:

1 - Máquina - a temperatura da água e a pressão exercida para extrair o café são fundamentais e dependem de um bom maquinário. Prefira as profissionais, de boas marcas, como as italianas da Promac, que lhe garantirão qualidade.

2 - Moinho - regulagem perfeita do moinho, como granulometria e peso. Uma moagem muito grossa pode deixar a bebida fraca, enquanto uma moagem muito fina pode produzir um café forte e amargo. O ideal é encontrar um equilíbrio e regular o moedor para uma moagem intermediária.

3 - Mão
- de quem faz, ou seja, o profissional. A distribuição do pó no porta-pó da máquina deve ser uniforme, para que ocorra a máxima extração de suas características

4 - Miscela (mistura ou blend) - grãos de café de qualidade. A escolha dos grãos é essencial para você conseguir extrair um espresso “campeão”. Até os baristas experientes terão problemas para fazer um café gostoso com grãos de qualidade inferior. Os grãos de café arábica são um dos mais indicados para o preparo do espresso, pois eles trazem um equilíbrio intenso entre aroma, sabor e amargura.

5 - Manutenção - cuidados diários e preventivo dos equipamentos são indispensáveis. Você pode ter seguido todas as dicas até aqui, mas se o seu equipamento estiver com as válvulas sujas ou com a engrenagem danificada, de nada adiantará ter bons grãos, moagem equilibrada e boas mão para preparar o café.

Os 5 M’s só funcionam juntos. Cada um deles tem o mesmo valor e a mesma importância. É o somatório destes cuidados que vão entregar uma bebida quentinha, gostosa e cheia de aromas e benefícios para a saúde, ou seja, um espresso perfeito.

Gostou das dicas? Então acompanhe o blog da Brasitália e compartilhe com seus amigos tudo sobre o mundo do café!

Por Luana Rech
Equipe Brasitália

Quer receber novidades sobre café? Cadastre-se!

Veja também

Método Chemex25/06/16 O charmoso Chemex. Um método de preparo criado por um americanocujo nome é Peter J. Schlumbolm. Chemex extrai um café particularmente limpo, ou seja, sem resíduos na xícara, fornecendo um café suave, leve, aromático e surpreendente. Indicado para quem tem paladar para cafés mais “fracos”, esse método desperta uma acidez interessante,......
Como preparar um bom café em casa29/03 Com certeza, em algum momento do dia, você já teve o seguinte pensamento: “Que vontade de tomar um café gostoso, igual aquele da cafeteria!”. Mas sabia que é possível matar esse desejo e preparar um bom......

Voltar para Blog (en)